• Veja também as capas anteriores!

  • Políticas do Ambidestria

    O Ambidestria todo está sob licença Creative Commons. Em caso de citação, não se esqueça de mencionar o nome do autor do post e o link direto para o post em questão. Não são permitidas alterações do texto.

    Veja mais detalhes na página de Políticas
  • Arquivo

  • Arquivo Especiais

    Especial FLIP 2008
    Com Carolina Lara e Jacqueline Lafloufa
  • Acesso para autores

Do Mar

haisandidjnsofi“Sempre fui algo diferente. Diferente dos outros, diferente de mim, diferente de tudo. Nasci no lugar errado, de um erro do destino, estudei em colégios errados e conheci pessoas ainda mais erradas. Fiz coisas erradas mas principalmente me apaixonei por homens errados. No meio de tanto caos, de tanto erro, um dia eu fiz uma coisa certa: escrevi uma história.
Meu destino começou quando aprendi a ler, e por alguma razão maravilhosa uma tia resolveu me dar montes e montes de livros todas as vezes que me via.
Não sei dizer como, onde, ou porquê, mas perdida no meio de sonhos loucos, uma imaginação sem limite e páginas e mais páginas de livros, eu escrevi histórias de amor e a minha própria história de vida.
Exatamente dessas histórias de amor nasceu uma amizade enorme, ganhei uma irmã, uma amiga, alguém que estará do meu lado para sempre. Foi aí que desta amizade eu conheci enfim o homem certo, aquele pelo qual eu me apaixonaria e daria minha vida por ele, cheguei então aonde eu sempre sonhei: minha própria (e real) história de amor.
Desse amor eu conheci todos os meus erros, mas conheci também o meu caminho, meu destino, que sempre esteve tão entranhado dentro da minha alma que eu simplesmente não vi; e depois de mais um erro de percurso (faculdade de psicologia), enfim, segui o caminho certo (Literatura).
Acho que sou feita então um pouco de minha irmã, do meu amor, das coisas que aprendi com minha mãe, da vida que escolhi pra mim, das muitas histórias que encontrei pelo caminho, mas acima de tudo daquelas que eu mesma criei.
Vivi até hoje pela beleza das coisas que encontrei pelo caminho e pelos sonhos que tive para afastar as coisas não tão belas. Vivo e sempre vou viver em busca do amor e do sonho. Choro, rio, perco o controle. Sou toda isso.”

Para entrar em contato direto, utilize o formulário abaixo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: