• Veja também as capas anteriores!

  • Políticas do Ambidestria

    O Ambidestria todo está sob licença Creative Commons. Em caso de citação, não se esqueça de mencionar o nome do autor do post e o link direto para o post em questão. Não são permitidas alterações do texto.

    Veja mais detalhes na página de Políticas
  • Arquivo

  • Arquivo Especiais

    Especial FLIP 2008
    Com Carolina Lara e Jacqueline Lafloufa
  • Acesso para autores

CADARÇO

Amarra-me, amarra-um-amor,

já se finda março,

logo o mês posterior.


Te cobro, te ressarço.

Quase seu amante,

quase um ser esparso,

a ti tão semelhante,

isso não disfarço.


Se minha fruta não esgarço,

se a tranco em domicílio,

a ti peço auxílio:

ensina-me a laçar um cadarço?


Em homenagem à minha marida Lílian que possui cadarços nas pontas dos dedos e saltita laçando tanto trakinas quanto passatempos. E também em homenagem ao esgarçamento. Viva!!!

Anúncios

4 Respostas

  1. Já aprendeu, né, meu amor?!?! hahahahahahahaha ( gargalhadíssimas)

  2. A cada novo texto, você prova que veio para “ficar”

    BRILHANTEMENTE escrito e DELICIOSAMENTE no “ponto”

    Amarrar-se a um amor é primordial ao ser humano XD

    Continue a escrever…

    Escrever é ARTE!!!

    Um abraço

  3. Gostei, acho que ficaria melhor se vc abusasse mais do abuso hehehe ficaria mais engraçado…

    Abraço

  4. Cool.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: