• Veja também as capas anteriores!

  • Políticas do Ambidestria

    O Ambidestria todo está sob licença Creative Commons. Em caso de citação, não se esqueça de mencionar o nome do autor do post e o link direto para o post em questão. Não são permitidas alterações do texto.

    Veja mais detalhes na página de Políticas
  • Arquivo

  • Arquivo Especiais

    Especial FLIP 2008
    Com Carolina Lara e Jacqueline Lafloufa
  • Acesso para autores

Cap.11 – A Tentação do Pai

Pedro Vitório, tentado pelo demônio incorporado em sua esposa, teve um momento de fraqueza e duvidou de Cristo: o pastor enriquecia enquanto ele, apesar de tanto fervor religioso, continuava pobre e desempregado. É verdade que não ficara no ócio, pois ficara um mês construindo a piscina na casa do pastor, mas não agüentava mais a mulher reclamando da falta de dinheiro. Precisava voltar a ser assalariado. Cadê o emprego que Jesus lhe daria? Foi à casa do pastor tirar satisfação. Contou o que o incomodava.
― Homem fraco na fé! ― Repreendeu-o o pastor. ― Acreditou em uma tentação de Satanás.
O religioso fez duras críticas a Maria das Dores. Acusava-a de ser uma pessoa que não servia a Deus. Ela não ia à igreja, não orava e ainda tentava afastar o marido da fé: é a tentação de Satanás. Argumentos sedutores e convincentes criados para afastar Pedro Vitório de Jesus.
― Eu avisei que isso iria acontecer! Não avisei? O demônio fica nos tentando. Ele tenta nos enganar pra nos tirar de perto de Cristo! E você, irmão, o escolhido por Jesus pra arrumar o telhado da igreja!… Como é que uma pessoa tão abençoada, que vem recebendo tanta graça, pode duvidar de Jesus?
Um filme passou pela cabeça de Pedro Vitório. Lembrou-se de seu desespero ao perder o emprego e da acolhida tão generosa que recebera de Jesus, por intermédio do pastor, ao chegar aflito à igreja. Lembrou-se de que Jesus o havia escolhido para servi-lo com o seu suor, trabalhando como pedreiro para sua igreja. Lembrou-se de tudo o que lia na bíblia. Lembrou-se do que ouvira nos cultos. Ele, Pedro Vitório, homem que, quando católico, tentava enganar os santos, nos quais já não acreditava. Ele, que sempre fora um nada, havia se tornado importante para o homem mais importante que já andou sobre a terra. E como ele, Pedro Vitório da Cruz, retribuía tamanha bondade e generosidade? Caindo na tentação de Satanás. Negando Cristo como o outro Pedro, o apóstolo, fizera. Deixando-se levar pelas conversas da esposa, coitada, que se recusava a confiar em Jesus. Começou a chorar e a pedir perdão.
― Irmão, ― dizia o pastor ― você pode se redimir com Jesus. Satanás é muito sedutor e Jesus sabe que você não conseguiu resistir, Jesus conhece o coração de cada um…
― Não, pastor. Eu sou fraco. Eu caio em tentação muito fácil… Eu não queria ser assim…
― Nem Jesus agüentou carregar a cruz até o fim. Ele caiu e precisou de ajuda. Todos nós temos fraquezas, irmão. Jesus te trouxe aqui porque você estava fraco e precisando de ajuda. Ele te trouxe aqui pra que eu pudesse te ajudar a continuar no caminho que ele quer que você trilhe. Você está passando por dificuldades, assim como eu passei. Jesus testa a nossa fé pra ver até onde a gente vai por ele. Se a gente agüenta bem as provações de Jesus, ele nos recompensa pela nossa fidelidade. Eu já passei fome, já morei na rua, já sofri muito. Mas sempre confiei em Jesus e me mantive fiel a ele. Jesus me recompensou e hoje eu sou um arrebanhador de almas, trabalho pra Jesus e tenho minha recompensa. Quando você se entrega pra Jesus, ele planta uma sementinha no seu coração. Ela demora pra crescer, mas quando crescer você vai colher os frutos.
A conversa foi demorada. O pastor citou várias passagens da bíblia: Moisés fugindo do Egito com os Hebreus, o sacrifício de Abraão, Jesus sendo tentado pelo diabo, etc. Só para mostrar a Pedro Vitório que Deus nunca nos abandona. Fizeram uma oração. O pastor havia ajudado Pedro Vitório a se levantar e a repegar a própria cruz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: