• Veja também as capas anteriores!

  • Políticas do Ambidestria

    O Ambidestria todo está sob licença Creative Commons. Em caso de citação, não se esqueça de mencionar o nome do autor do post e o link direto para o post em questão. Não são permitidas alterações do texto.

    Veja mais detalhes na página de Políticas
  • Arquivo

  • Arquivo Especiais

    Especial FLIP 2008
    Com Carolina Lara e Jacqueline Lafloufa
  • Acesso para autores

Tarefa para as férias: organizar a biblioteca

Dezembro chega e você se vê fechado para balanço: além de ter que se ocupar com os preparativos de fim de ano (dentre eles escolher onde passar a virada, que presente comprar pra mãe, pro namorado ou namorada, e até com quem vai deixar o cachorro) você pensa na incrível lista que todo ano todo mundo pensa em fazer, e que no meio do ano seguinte, desiste.

Todo santo ano. “Eu vou fazer isso”, ou “não vou fazer mais aquilo”, ou “dessa vez eu vou fazer certo”. Toda vez. E isso inclui aqueles planos de “ano que vem eu vejo” e “ano que vem eu arrumo”. Pois bem, o ano que vem tá chegando. E já está mais do que na hora de dar um jeito naquela sua biblioteca.

3004-000382

Ah, mas aí você vai me dizer que não tem exatamente uma biblioteca, que são apenas uma ou duas prateleiras. Sorte a sua: sua biblioteca ainda está no comecinho. Quando ela começar a se avolumar, empilhar livros em lugares onde não devia, ou quando você se pegar dizendo “mas eu lembro de ter guardado esse livro aqui em algum lugar”, aí sim você vai se arrepender de não ter arrumado as suas poucas prateleiras antes.

Arrumar a sua biblioteca não precisa ser um processo dolorido. A tecnologia está aí pra te ajudar –  mas não vá se esquecer de fazer backup, pelamordedeus!

Antes de começar a digitar nomes, autores, editoras e tudo o mais, você precisa primeiro escolher o melhor método de organizar a sua biblioteca. Tem gente que vai escrevendo tudo no word e depois imprime e guarda. Também funciona, mas me parece um tanto burocrático demais. Sei também de quem colocar tudo numa lista do excel. Para os mais metódicos, cada aba é um gênero diferente, e assim eles se organizam.

Mas se você quer a minha sugestão, eu digo: use a internet. Use a santa internet.
Você vai poder “acessar” a sua biblioteca de qualquer geringonça tecnológica que tenha acesso à internet. E vai poder dar um link pros seus amigos, caso você goste de emprestar livros. Ou vai poder ficar horas e horas checando ‘que livros que você não tem ainda’ pra comprar na Estante Virtual, o santuário dos pobres adoradores da literatura impressa. E pra isso basta escolher o melhor serviço pra você. O LibraryThing, um dos primeiros que conheci, funciona muito bem. Você pode procurar o livro em um catálogo gigante – porém americano – e adicionar direto dali. Ou adicionar o livro manualmente. Também dá pra colocar tags nos livros (eu adoro isso pra identificar as minhas xerox, os livros que eu tenho na minha estante, os livros que estão na estante da minha mãe e por aí afora) e inclusive comentários e resenhas. Ótimo pra não esquecer do que se trata mesmo aquele livro. E ele pode ser acessado em português, para aqueles com dificuldades com o idioma de Barack Obama.

fireshot-capture-124-librarything-i-catalog-your-books-online-www_librarything_com_catalog_jacquelinee

Minha biblioteca no LibraryThing (clique para ampliar)

Outro bastante conhecido é o Shelfari. Ele funciona como uma grande prateleira para os seus livros, que aparecem com capa todos bonitinhos enfileirados para ver. Eu acho tanto esse quanto o Goodreads plataformas interessantes mas mais complexas de usar – normalmente eles querem detalhes bobos, como quando você começou a ler, quando terminou, o que achou, e esse tipo de coisa que normalmente você não quer registrar necessariamente – pelo menos não quando o seu objetivo é organizar a biblioteca. Mas vale a visita para ver qual sistema funciona melhor. Se você não gostou de nenhum desses, a Wikipedia tem uma coleção de vários sistemas para catálogo de livros online.

Além dos sistemas “internéticos”, existem também bons programas desktop (daqueles que você instala no seu computador) para gerenciar livros. Eles costumam ser utilizados por pequenas bibliotecas comunitárias, mas nada impede que você adapte os softwares de acordo com as suas necessidades. Na pequena biblioteca da minha casa a gente usa o Minibiblio para gerenciar os livros que emprestamos para primos, amigos, conhecidos. Assim, sempre dá pra saber onde ou com quem está tal exemplar.

Então nessas férias você não tem desculpa: é hora de colocar ordem naquela sua bagunça literária! Mãos no teclado e bom trabalho!

Anúncios

4 Respostas

  1. Olha, fazia um tempo que não passava por aqui…

    Ainda bem que passei neste post em específico porque acho que posso contribuir um pouquinho. Tem mais um serviço para “bibliotecas virtuais” chamado gurulib (http://www.gurulib.com/).

    Uma coisa legal que ele permite fazer e que não sei se os outros também fazem é manter visibilidade individuais para as suas prateleiras, podendo exibí-las numa página pública (como http://www.gurulib.com/gjunqueira) ou privada, para controle próprio.

    Bom, esses sãos os meus 2 centavos.

    take care

  2. […] prefira encontrar um livro num banco da praça e a partir dele ter idéias muito melhores. Aliás, organizar a sua biblioteca pode ser um ótimo jeito de rever “livros-amigos” e  despertar idéias […]

  3. Agradeço as dicas, preciso fazer algo útil em meus tempos vagos.

  4. As dicas em relação ao assunto pesquisado foi muito proveitoso. Mais tarde o visitarei todinho e poderei fazer maiores comentários.
    Abraço fraterno.
    Ana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: