• Veja também as capas anteriores!

  • Políticas do Ambidestria

    O Ambidestria todo está sob licença Creative Commons. Em caso de citação, não se esqueça de mencionar o nome do autor do post e o link direto para o post em questão. Não são permitidas alterações do texto.

    Veja mais detalhes na página de Políticas
  • Arquivo

  • Arquivo Especiais

    Especial FLIP 2008
    Com Carolina Lara e Jacqueline Lafloufa
  • Acesso para autores

das emendas

Acordei com um pouco de pressa e fui trabalhar. Cheguei na Editora, liguei o computador e vi meu email — gastei com isso quase dez minutos: não é todo dia que estou 100% disposto e com vontade de produzir. Mas como trabalho na produção da Editora, fechei o e-mail, abri a pasta do livro, entrei no Adobe InDesign e continuei inserindo emendas.

O livro, depois de diagramado, vai para a revisão (novamente). As revisoras costumam ler no papel, pois assim, além de correções gramaticais e técnicas, podem também marcar algum erro de diagramação. Depois de feito o serviço, o livro volta para a produção, e enfim as mudanças são feitas no programa. É feita uma nova impressão, quando há muitas emendas, ou então impressão e substituição das páginas que sofreram alteração, quando são poucas emendas.

No livro em que eu estava eram muitas. Além de vírgulas, acentos e concordância, tinha que sanar canais (quando uma palavra em uma linha está exatamente embaixo da mesma palavra da linha de cima), viúvas (única linha solta na ponta da página), linhas muito espremidas etc. — certas coisas que o leitor só da conta que existe quando se atrapalha numa delas.

Chegou na sala uns livros da gráfica que estavam para ser conferidos; aliás, era um livro em que eu tinha inserido algumas emendas. Ainda com sono, aproveitei o momento e fui buscar um café. Quando voltei, uma visita inusitada: a autora do livro foi lá conferir.

Era uma velhinha que me lembrou a minha avó. O livro dela estava há dois anos na produção, fora o tempo de pesquisa e escrita. Sentei na minha cadeira e observei a senhora; ela nem reparou que eu tinha entrado na sala. Contemplava o livro.

Essa cena me acordou mais que o café.

Pensei que minha obrigação como funcionário invisível era sempre me esforçar para continuar invisível.

Chacoalhei a cabeça, tomei mais um gole do café e voltei a trabalhar. Eu, o papel e o computador.

Anúncios

Uma resposta

  1. […] das emendas […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: